Angélica diz que "jamais proibiria" candidatura de Huck à presidência: 'Juntos em tudo'
12/12/2023

PUBLICIDADE

O Roda Viva recebe a apresentadora Angélica nesta segunda-feira (11). No programa, Angélica fala sobre a desistência da candidatura de Luciano Huck à presidência da República. Ele era um dos nomes cotados para as eleições de 2022, mas desistiu um ano antes.

Durante um tempo, a apresentadora era apontada como a principal responsável pela resistência do marido. No entanto, Angélica afirma que jamais negaria apoio a Huck.

“Da mesma forma como ele me apoia para tudo, eu estaria ali. É uma coisa muito séria, eu acredito na política, é a única forma de você impactar o maior número de pessoas de forma positiva, e o Luciano é uma pessoa política. Eu jamais ia tolir ele dessa forma, ainda mais se o Brasil estivesse precisando. Se ele tivesse que ir, eu nunca falaria não, de jeito nenhum.

PUBLICIDADE

Mas hoje eu vejo que a decisão de não se candidatar foi a mais correta”, afirma.

Em outro momento, em um cenário de imaginação, ela também responde como se comportaria como uma primeira-dama e qual nome seria sua inspiração.

“É difícil responder qual primeira-dama eu seria, temos que ter referência para se tornar alguma coisa que você não se preparou. Eu não sou um ser político como o Luciano [Hulk] é, eu estaria do lado dele nessa missão, mas eu teria que me adaptar. Mas eu pensei muito nisso, qual primeira-dama me inspiraria, a dona Ruth seria, talvez, porque ela era uma mulher muito inteligente”, conta.

PUBLICIDADE

AD
Artigo
Flash news