Enquanto Ronaldinho está falido, o negócio de James Rodríguez que o torna mais rico
30/11/2023

PUBLICIDADE

Ronaldinho Gaúcho é um dos grandes astros do futebol mundial. Ex-jogador e atualmente um ‘bonvivan’ do esporte, o ídolo de Paris Saint-Germain, Grêmio e Barcelona, tem percorrido o mundo com a Seleção do Ronaldinho, e faz jogos de exibição e amistosos com diversos outros craques do passado. O brasileiro é aguardado no ‘Conmebol Leyendas’, nos Estados Unidos, dezembro.

Porém, a situação de Ronaldinho Gaúcho, mesmo com os jogos de exibição não é fácil. Segundo o jornal ‘O Globo’ duas propriedades do ex-jogador, uma no Rio de Janeiro e outra no interior do Rio Grande do Sul podem ser tomadas pela Justiça para o pagamento de dívídas não pagas pelo ex-atleta. A decisão ainda não foi proferida e a defesa da Lenda brasileira tenta esgotar suas chances nos tribunais.

PUBLICIDADE

Tendo o seu irmão, Assis, como o grande gerente de sua fortuna e de parte de seus empreendimentos, Ronaldinho Gaúcho, está observando como seu dinheiro ‘vai para o ralo’. O ex-craque tem uma coleção de investimentos que não deram certo e retornaram em prejuízos e também em dívidas estratósféricas para sua conta.

Diferente do que fazem os jogadores atualmente, como o colombiano James Rodríguez, do São Paulo. Em maio, o camisa 10 tricolor abriu um badalado e polêmico restaurante no país natal. Segundo o ‘La Republica’, é possível encontrar pratos de US$ 50 mil até uma garrafa de vinho que vale mais de US$ 11 milhões.

PUBLICIDADE

AD
Artigo