“Eu quase morri”; Angélica relembra fatídico acidente de avião e revela traumas
08/01/2024

PUBLICIDADE

A apresentadora Angélica se prepara para estrear sua série especial no Globoplay e alguns trechos do documentário têm vindo a público.

No material, a loira fala sobre a vida pessoal, trabalho e futuros projetos, mas também tem espaço para relembrar suas intimidades e falar sobre acontecimentos marcantes do passado.

Na série, Angélica relembra o fatídico acidente de avião que sofreu com a família em 2015.

Na época, ela, os filhos e Luciano Huck realizavam voo doméstico curto quando uma das asas da aeronave chegou a tombar e o veículo operou sem um dos motores. Apesar de tratar o acontecimento, a apresentadora frisou que ainda carrega traumas.

“Eu quase morri e não é exagero. Eu estava saindo de um dia de gravação, peguei um voo que deveria durar 15 minutos, mas que dura até hoje na minha cabeça. […] Eu tive síndrome do pânico, fui fazer yoga, meditação, fui ficar em silêncio, falar com meus filhos sobre morte. Eu melhorei, mas sei que essa angústia não foi embora de vez”, disse.

PUBLICIDADE

Vale lembrar que o próprio Luciano Huck chegou a dar maiores detalhes sobre o acidente durante uma entrevista ao podcast PodPah.

“A gente estava a, sei lá, 8 mil pés de altura. O que não é muito alto, mas também não é muito baixo. Quando ele curva em cima do motor ruim, o avião começa perder altura. E aí já estava todo mundo nervoso, a Angélica muito nervosa, todo mundo muito assustado”, disse na ocasião.

PUBLICIDADE

AD
Artigo