Angélica avalia trajetória até os 50 anos: 'Fiz muita coisa e percebo que nem curti tanto'
09/12/2023

PUBLICIDADE

Angélica, Xuxa e Eliana foram apontadas como rivais durante muitos anos. Mas esses boatos ficaram definitivamente no passado e, atualmente, elas nunca estiveram tão unidas. Possuem um grupo no WhatsApp para fofocar e apelidaram o trio formado por elas de AXE.

No especial “Angélica: 50 & Tanto”, disponível no Globoplay e no GNT, as apresentadoras conversaram sobre um tema comum às três: a maturidade. Trocaram impressões sobre envelhecer diante das câmeras e a relação com o tempo daqui para frente.

“Sempre fiz muita coisa e percebo que nem curti tanto. Você acaba virando uma máquina sem conseguir saborear isso tudo. Quanta coisa boa eu deixei... Agora quero saborear muito mais coisas. Se tivesse que viver, viveria tudo outra vez. Esse projeto (‘Angélica: 50 & Tanto) me fez chegar a essas conclusões e vivi isso outra vez”, disse ela, ao gshow, nos bastidores da gravação.

PUBLICIDADE

O etarismo existe, reconhece ela. Mas a mulher hoje tem voz para se posicionar contra ele.

“Estamos reivindicando, brigando, mas existe sim. Existem produtos, marcas, que valorizam muito mais uma menina do que uma mulher mais madura. Mas isso temos falado, temos mudado, faz parte também. Acho muito gostoso eu, madura, com 50 anos, perceber isso, falar sobre, brigar e buscar que outras mulheres da minha idade e mais velhas tenham mais espaço no mercado.”

PUBLICIDADE

AD
Artigo