Ganhou Copa das Confederações 2005, ajudou muito Ronaldinho, acabou de perder a vida
10/01/2024

PUBLICIDADE

A Seleção Brasileira tem em toda a sua história diversos grandes títulos, não só de Copa do Mundo, mas outros também acabam marcando algumas gerações. Um desses títulos é o da Copa das Confederações de 2005, onde o Brasil que era o atual campeão do mundo, mostrava a todos que prometia chegar ainda mais forte para a Copa do Mundo de 2006, já que tinha um elenco estrelado.

Na final da competição, o Brasil encarou a sua maior rival, a Argentina. Logo aos 4 minutos, a Argentina ameaçou a área brasileira, mas Lúcio cortou o cruzamento de Cesar Delgado. Porém, aos 10 minutos, Adriano abriu o placar para o Brasil, recebendo a bola de Cicinho e vencendo o goleiro Germán Lux. Logo em seguida, a Argentina quase empatou com Riquelme, mas Dida conseguiu afastar o perigo. Aos 14 minutos, Robinho e Kaká aumentaram a vantagem brasileira com belos gols, e o Brasil continuou pressionando.

PUBLICIDADE

No segundo tempo, Ronaldinho Gaúcho marcou aos 46 segundos, ampliando o placar para o Brasil. Kaká teve uma oportunidade, mas chutou em cima do goleiro. Aos 12 minutos, Robinho acertou o travessão. Aos 17 minutos, Cicinho cruzou para Adriano marcar seu segundo gol na partida, aumentando a vantagem do Brasil. A Argentina descontou aos 20 minutos com Pablo Aimar, após vencer no alto a disputa com Roque Júnior e finalizar de cabeça. O jogo terminou com a vitória brasileira por 4 a 1, que conquistou o título da Copa das Confederações.

Jogador e treinador histórico falece

Um dos presentes nesta conquista foi o velho lobo, Zagallo, que esteve como coordenador técnico na equipe que tinha diversos grandes jogadores, como Ronaldinho, Ronaldo, entre outros.

Em uma nota de pesar postado pela sua família nas redes sociais de Zagalo na madrugada de sábado (6), eles informaram que o ex-jogador e treinador havia falecido vítima de uma falência múltipla dos órgãos.

PUBLICIDADE

AD
Artigo