Simone Mendes celebra hits no 1º ano sem Simaria e diz que chorou 3 dias seguidos após prêmios
02/12/2023

PUBLICIDADE

Desde que chegou com seu primeiro álbum solo no início deste ano, Simone Mendes não saiu mais do topo das paradas. Primeiro foi com "Erro Gostoso". A música ficou em segundo lugar geral na lista das mais tocadas nas rádios do primeiro semestre de 2023.

Nesta semana, está na sétima posição das mais ouvidas do Spotify. Além dos dois sucessos, ela ainda ajudou a colocar nos rankings faixas de outros artistas em feats como "Manda um oi" (com Guilherme e Benuto), "Daqui pra sempre" (com Manu) e "Beijoqueira" (com Thiago Carvalho).

Mas calma, que tem mais... No início de novembro, Simone venceu o Prêmio Multishow em duas categorias importantes: Sertanejo do Ano e votação popular de hit do ano ("Erro Gostoso").

"Chorei por três dias seguidos porque eu sei tudo que vivi.

PUBLICIDADE

E ver tudo que está acontecendo assim na minha carreira é um presente do tamanho do céu", diz Simone.

Todo esse sucesso acontece pouco mais de um ano depois de sua separação da irmã, Simaria. Simone e Simaria anunciaram o fim da dupla em agosto de 2022 após alguns desentendimentos. Dias depois, Simone anunciou que investiria em sua carreira solo e seguiria na música sertaneja.

Simone ainda incluiu o sobrenome Mendes na nova fase profissional. E em janeiro de 2023 lançou seu primeiro trabalho solo, o "Cintilante".

Agora, quase um ano depois, ela se prepara para o segundo DVD. A gravação acontece em Fortaleza, no dia 16 de dezembro.

PUBLICIDADE

AD
Artigo
Flash news